Sobre o site

Esquerda para direita, sentados: Raimundo, Alfredo, Ana Ariel e Jaila. Em pé esquerda para direita: Professor Eduardo, Keziano e Tiago.

Esquerda para direita, sentados: Raimundo, Alfredo, Ana Ariel e Jaila. Em pé esquerda para direita: Professor Eduardo, Keziano e Tiago.

O desenvolvimento deste site foi realizado pela comunidade da Prainha do Canto Verde em janeiro e fevereiro de 2011. 

Por iniciativa da Associação dos Moradores da Prainha do Canto Verde foi convidado o professor Eduardo Bezerra de Icapuí para ministrar durante 60 horas um treinamento para criação do site da Prainha. 

Nove jovens da Prainha receberam o treinamento e em conjunto com a comunidade desenvolveram este site. 

Ao longo desses oito dias  os alunos tiveram a oportunidade de conhecer e trabalhar com alguns programas que ajudaram a formar o novo site da Prainha do Canto Verde. 

Cada um dos alunos ficou responsável por uma determinada parte para ajudar a elaborar e atualizar o novo site com novas fotos, textos, matérias e noticias. 

O novo site da prainha tem uma nova cara é mais  moderno e evoluído com matérias da comunidade e atrações que ela oferece. 

Os alunos ficaram responsáveis por atualizar e editar novas noticias da comunidade e das  redondezas , como também estarão a procura de novidades  para  incrementar o site e deixá-lo mas interativo  para o navegador. 

Com esse  curso os alunos  adquiriram  novas experiência  e mais sabedoria para saber trabalhar com a internet e novos programas. 

“Essa foi uma ótima oportunidade para nós jovens   da comunidade,  pois com esse novo aprendizado nós nos tornaremos  mais  qualificados para o mercado de trabalho” – Diz Raimundo aluno do curso. 

“Quando fui convidado pela Associação de Moradores da Prainha do Canto Verde achei a idéia maravilhosa! Normalmente me chamam e pedem que eu desenvolva um site e pronto. Mas na Prainha foi diferente, eu ensinei jovens da comunidade a criarem sua própria página. Este é o diferencial da comunidade, sempre querem aprender a fazer e não ter coisas prontas.” – Diz Eduardo Bezerra professor da turma.